O R G A N I Z A Ç Ã O --------

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

IVª Ultra Rota dos Templários 2013 by CLAC




Numa organização do CLAC (Clube de Lazer Aventura e Competição) realizou-se no passado sábado dia 26 de Outubro a 4ª edição da Ultra Rota dos Templários que se iniciou na Igreja de Santa Cita e terminou na Igreja Matriz da Golegã numa distância de 45 quilómetros.




Com o rendez-vous marcado para as 06:00 horas da manhã frente à Igreja Matriz da Golegã, os Caminheiros oriundos de vários pontos do país assinaram o ponto e partiram para Santa Cita onde tomaram o pequeno-almoço no Café Central antes de se encaminharem para a Igreja daquela localidade para uma pequena palestra sobre a origem da mesma.


Aos primeiros alvores iniciaram a caminhada que os levou pelo Vale do Nabão que proporcionou paisagens de rara beleza e trilhos de autêntico sobe e desce em terras outrora de bravos guerreiros de fé, de lutas por um sentido espiritual maior. Passagem pela foz do Nabão onde se une com o Zêzere e de seguida pela margem até à Barragem do Castelo de Bode, para o primeiro abastecimento líquido e sólido. De seguida os Caminheiros prosseguiram rumo a Constância com alguns percursos de eucaliptal num sobe e desce com linhas de água até ao observatório astronómico de Constância. Uma excelente paisagem sobre o vale do Rio Tejo. Depois foi descer a meia encosta até à zona ribeirinha da Vila Poema para o almoço. Alguns dos Caminheiros terminaram aqui a sua aventura, e outros iniciaram aqui o percurso juntando-se aos que iriam prosseguir a caminhada.

Com 20 quilómetros ainda por percorrer a 2ª parte do percurso inicia-se com a travessia do Rio Tejo num barco típico deste rio. Já na outra margem os Caminheiros percorreram um zona de eucaliptos e pequenas culturas que os levou até à ponte dos Caminhos de Ferro onde voltaram a atravessar o Rio Tejo prosseguindo depois até aos trilhos sobranceiros ao Castelo de Almourol, percurso que oferecem paisagens de rara beleza. Depois de uma paragem em Tancos para retemperar forças e para mais um abastecimento foi tempo de rumar à Barquinha onde a Câmara local presenteou os participantes com um vinho do Porto, antes dos últimos quilómetros já com um sol envergonhado a esconder-se no horizonte e que levou os Caminheiros à Quinta da Cardiga com passagem pelo Palácio aproveitando os Caminhos de Santiago que passam por esta zona, para seguiram direitos à Golegã e finalizar esta aventura, não se antes e em plenas ruas da Vila do Cavalo todos os Caminheiros entoarem cancões populares como por exemplo «ao passar a ribeirinha», sinónimo da excelente camaradagem, alegria e entreajuda que se verificou do primeiro ao ultimo quilómetro deste percurso.
No final e depois do banho retemperador foi servido o jantar e antes das despedidas e de um até breve de todos os Caminheiros, João Pimenta mentor da Ultra Rota dos Templários “designer” deste percurso e dinamizador dos Percursos Pedestres na região fez o discurso de encerramento, deixando no ar que a 5ª edição será no mínimo tão boa como esta que tinha terminado, facto de deixou todos os participantes “de água na boca” à espera da mesma.


Francisco Gavancho

Sem comentários:

Gardunha a noite

Pesquisar neste blogue