O R G A N I Z A Ç Ã O --------

boquilobo

sexta-feira, 18 de julho de 2014

CLAC LIGOU LISBOA À GOLEGÃ EM MEGA-CAMINHADA “NON-STOP”





Uma chuva estival e o bater das onze horas no sino da Igreja receberam os caminheiros que fizeram a ligação entre a Sé de Lisboa e a Igreja Matriz da Golegã concluindo assim a aventura “non-stop” by CLAC (Clube de Lazer Aventura e Competição) do Entroncamento.

Esta caminhada teve o seu início pelas 16:30 horas de sexta-feira dia 03, com saída da Sé de Lisboa e terminou dia 06 pelas 11:00 horas, utilizando os Caminhos de Santiago e teve a extensão de 135 quilómetros e uma duração de 42 horas e meia, 30 das quais foram de caminhada efectiva e as restantes destinadas a paragens para alimentação, repouso, cuidados ao nível do pés e higiene pessoal.

Este repto lançado por Pedro Pimenta da secção de pedestrianismo do popular clube do Entroncamento, cativou onze caminheiros que ligaram Lisboa à Golegã, e a companhia de outro caminheiro que fez o percurso Sé de Lisboa – Vila Franca de Xira. Num regime de semi-autonomia, José Leote, presidente do clube foi o condutor da carrinha de apoio e o “Chef” que confeccionou as refeições que foram servidas durante o percurso.

Com a chuva que presenteou os caminheiros na parte final desde o Pombalinho à Golegã, na chegada ainda houve tempo para a boa disposição e pegar na letra da música de Pedro Abrunhosa “Para os braços de minha mãe” e adaptá-la a esta aventura «Cheguei à Igreja Matriz da Golegã / Com a chuva da manhã / E a Sé de Lisboa ficou por lá / Quero voltar para os braços do meu sofá».

Depois desta aventura e entre o brinde à mesma feito em frente da Igreja Matriz e o guardar da mesma para memórias futuras, ainda houve tempo para se começar a falar numa possível aventura no próximo ano que poderá ligar pelos mesmos caminhos, os de Santiago, Golegã a Coimbra.


FOTOS 1     FOTOS 2     FOTOS 3     VIDEO

Texto: Francisco Gavancho

Foto: João Paulo Pratas

Sem comentários:

Gardunha a noite

Pesquisar neste blogue