O R G A N I Z A Ç Ã O --------

terça-feira, 8 de julho de 2014

Comemoração da 100ª Caminhada Aberta by CLAC




FOTOS      VIDEO1      VIDEO2     VIDEO3     VIDEO4     VIDEO5     VIDEO6     VIDEO7         VIDEO8

100ª CAMINHADA ABERTA PRIMOU PELA EXCELÊNCIA

Domingo dia 15 de Junho ficará para sempre na história do CLAC (Clube de Lazer, Aventura e Competição do Entroncamento) e da sua secção de Pedestrianismo, devido à realização da 100ª Caminhada Aberta que juntou 200 Caminheiros oriundos de diversos pontos do país, nomeadamente de Santa Marta do Pinhal, Seixal com o CASMP (Clube Associativo de Santa Marta do Pinhal) a trazer 51 Caminheiros até terras Ribatejanas.




Mas recuando no tempo, as Caminhadas Abertas by CLAC tiveram início em 02 de Julho de 2012, com o responsável da secção de Pedestrianismo, Pedro Pimenta a ter a companhia de 12 Caminheiros para esta primeira caminhada, que sábado após sábado, com saída às 09:00 horas da paragem do TURE junto às Piscinas Municipais do Entroncamento, faça chuva, ou faça sol seja de Inverno ou de Verão têm sido uma constante, o que faz do CLAC provavelmente a única coletividade que mantêm uma caminhada semanal.

Volvidos quase dois anos a 100ª Caminhada “rumou” até à zona de Tancos e Almourol aproveitando os trilhos do Moinho, do Penhasco, da Azenha, da Água, do Casal do Pote, do Castelo e dos Espargos, e criando um de raiz “O Trilho do Alfaiate” totalmente efetuado no leito da Ribeira do Seival, juntou os 200 Caminheiros no parque de estacionamento do Restaurante “O Almourol” e partiu à aventura por um percurso circular na extensão de 10 km, que fez as delicias de todos os presentes, inclusive dos mais renitentes.


No final nos jardins do Restaurante “O Almourol” com um vista privilegiada sobre o Tejo, com o Arripiado sobranceiro a “abraçar” as águas que lentamente correm para jusante, realizou-se o almoço convívio tipo arraial de Santo António, com sardinhas e febras a serem grelhadas por “sábios Chef’s” liderados pelo presidente do CLAC José Leote.


No final as despedidas entre todos os Caminheiros que assim encerraram a época, esperando agora por tempos mais frescos para recomeçarem a próxima e com todos em uníssono a dizerem «Adeus até breve, e que a 200ª Caminhada Aberta chegue depressa»

Texto: Francisco Gavancho 

Sem comentários:

Gardunha a noite

Pesquisar neste blogue