O R G A N I Z A Ç Ã O --------

boquilobo

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

II RAIDòTUA by CLAC 2014

6 e 7 de DEZEMBRO 2014


 Há coisas na vida que são imperdíveis e de um nível excecional, para quem gosta de uma boa aventura. O CLAC Clube de Aventura Lazer e Competição levou a cabo uma caminhada inédita a nível nacional. Nada mais nada menos que percorrer a via férrea do Tua num fim de semana, com 53 caminheiros durante 42 kms em autonomia total.
 Apos a viagem noturna de autocarro chegamos de madrugada a Mirandela. Iniciamos o percurso as 8 da manha em Cachão e percorremos 27 km no primeiro dia com as pesadas mochilas a pisar os flipers escorregadios e por cima do cascalho. O passo era inconstante e tínhamos que escolher sempre o melhor caminho. A paisagem cada vez ia-se fechando mais o que tornava a outra margem mais próxima de nós.
 A fila dos caminheiros perlongava-se e agrupávamos nas estações e apeadeiros para comer-mos qualquer coisa e tirar umas fotos com mais gente. É uma loucura ver chegar tanta gente a um lugar tão inóspito, chagada a São Lourenço. Os primeiros a chegar criaram o ambiente para os últimos, limpeza da zona procurar, lenha e fazer uma fogueira, etc. Uma noite fantástica, mágica para muitos e cheia de calor humano. Desde o banho nas Termas, às canções junto s fogueira, o bom vinho, enchidos queijo e pão e uma excelente canja quente que veio de fora como oferta.
E ali dormimos o que conseguimos, uns em tendas outros em sacos de cama. No dia seguinte depois de um pequeno-almoço ainda na fogueira ia-mos percorrer 15 km de ravinas pontes e tuneis. As margens mais apertadas fizeram a delicia dos caminheiros. O dia estava mais soalheiro do que o anterior e iluminou todo o Vale do Tua bem cedo. Com algumas escorregadelas fomos progredindo pelo vale encantado, em que as nuvens mais baixas cortavam as colinas que davam um lindíssimo efeito.
 Um ligeiro calor abraçou os participantes que ao verem a única subida para o Fiolhal resolveram retirar alguma roupa pois estávamos  perante uma subida de grau elevado, mais as mochilas costas. Todos chegaram bem ao Fiolhal depois, cansados mas felizes. Depois de um ligeiro descanso, fomos descendo rumo á estação do Tua. E foi assim que todos chegaram ao km” 0” .
 Finalmente uma tasca e um café para celebrar-mos o feito de percorrer a linha do Tua 42 km com 53 caminheiros. O momento mais triste foi realmente a vista cinzenta em toda a zona onde esta a ser construída a barragem e as falésias cortadas, dá um ar desolador. No Regresso em autocarro, ainda paramos em Coimbra para jantar leitão.
Chegamos ao Entroncamento no Domingo as 23.30h e todos com sorriso de desafio superado.
Um muito obrigado aos que confiaram e participaram nesta aventura do CLAC.

FOTOS           VIDEO


Sem comentários:

Gardunha a noite

Pesquisar neste blogue